fbpx


Camaquã

Publicado em 29 de abril de 2019 | Por Redação Meu Bairro

3

INSS pede reintegração de posse de prédio do Posto de Saúde do Camaquã

Recebemos hoje de uma de nossas leitoras a solicitação de investigação com relação ao fechamento do Posto de Saúde do Bairro Camaquã. A informação é negada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Porto Alegre que explica que o problema agora corre na Justiça.

O prédio em que está localizado o posto de saúde do Camaquã (R. Prof. Dr. João Pitta Pinheiro Filho, 176) pertencia ao Inamps. Ele foi cedido ao município mas com o fim do INAMPS agora o INSS quer retomá-lo. De acordo com a assessoria de imprensa da SMS o “termo de cedência” expirou e por isso há esse imbróglio judicial.

Houve um pedido de reintegração de posse do local, mas o juíz, ao ser informado pela Prefeitura de que se trata de um local vital para o sistema de saúde, reconsiderou.

A Prefeitura de Porto Alegre já informou à Justiça que tem interesse na manutenção do prédio para o Posto de Saúde.

Moradores fazem abaixo-assinado

Corre pelas redes sociais o pedido de uma série de moradores que quer a manutenção do prédio para o uso do sistema de saúde. “Querem tirar o nosso posto de saúde daqui, ainda não sabemos para onde vai. Estamos fazendo uma abaixo-assinado.”.

 


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



3 Responses to INSS pede reintegração de posse de prédio do Posto de Saúde do Camaquã

  1. Mara says:

    Nao tirem nosso posto daqui..

  2. Karlos Neander says:

    Saúde em primeiro Lugar

  3. Marilene says:

    Ainda é um dos poucos q se consegue consultas,remédios sem precisar nos deslocarmos a outros lugares q muitas vezes não temos dinheiro pra ir mais adiante!
    Moro na restinga e é neste posto q encontro medicações controladas e as rotineiras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑