fbpx


Publicado em 8 de agosto de 2019 | Por Redação Meu Bairro

Bancada do PP escancara racha e pede retratação de Marchezan

O vereador Ricardo Gomes leu hoje durante a sessão da Câmara de Vereadores uma nota da Comissão Executiva Municipal do Partido Progressista encaminhada ao prefeito Nelson Marchezan Júnior. No texto o partido diz que, “em razão das declarações graves e ofensivas à honra de dois vereadores, quais sejam a presidente da Câmara Municipal, Mônica Leal, e o presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Ricardo Gomes”, feitas pelo líder do governo, vereador Mauro Pinheiro (Rede), a direção partidária questiona o prefeito se o mesmo concorda com a manifestação.

A nota finaliza informando que, se até o fim do dia não houver manifestação do prefeito dizendo não ser esta a sua posição, o partido se tornará independente e deixará a base do governo.

As principais declarações que o PP cobra de Marchezan é de que ele se retrate sobre afirmações do líder do governo na Câmara de Vereadores Mauro Pinheiro. O partido exige que ele se manifeste sobre as declarações de que a Vereadora Mônica legal tenha cometido atos de improbidade administrativa com relação a votação do IPTU, que o vereador Ricardo Gomes tenha manipulado o sorteio do relator na renovação de votação do IPTU e que ambos estejam manobrando para retardar deliberação da Casa.

O prefeito Nelson Marchezan ainda não se manifestou.

 


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑