A Coordenação de Indicadores e Engenharia de Tráfego (Cief) da Em..." /> Números de mortes em acidentes com moto crescem na Capital - Portal Meu Bairro


Publicado em 11 de julho de 2019 | Por Redação Meu Bairro

Números de mortes em acidentes com moto crescem na Capital

A Coordenação de Indicadores e Engenharia de Tráfego (Cief) da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) divulgou hoje dados alarmantes sobre o uso de motos em Porto Alegre. 

Ao todo, de janeiro a junho deste ano, ocorreram 833 autuações devido à velocidade acima de 80 km/h, registradas pelo Radar Móvel. Deste total, 334 com motos. 

Veja o Ranking as principais autuações de motos

1º – moto – 130 km/h, na tarde de 25/5 (sábado), rua Souza Reis, nº 365;

 2º – moto – 129 km/h, na manhã de 13/4 (sábado), na rua Pereira Franco, nº 366; 

3º – moto – 129 km/h, na manhã de 24/4 (quarta-feira), na av. Aparício Borges, nº 2.310; 

Nessas vias, a velocidade máxima permitida é de 60 km/h. Nesse período, as motos se envolveram em 1.356 acidentes, com 1.307 feridos e 17 mortes, incluindo condutores e caronas. Das 18 vítimas fatais por atropelamentos, seis morreram atropeladas por motos.

Os números apontam que diariamente ocorrem sete acidentes, em média, com motos; sete pessoas ficam feridas por dia. Também mostram que, a cada dez dias, morre um motociclista no trânsito em Porto Alegre.

Das 40 vítimas fatais no trânsito em geral, no primeiro semestre de 2019, três a menos que no mesmo período de 2018, 85% estão relacionadas a motos e atropelamentos de pedestres. 

 


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑