fbpx


Saúde

Publicado em 22 de outubro de 2019 | Por Redação Meu Bairro

0

Hospital Vila Nova inaugura 33 novos leitos

A Associação Hospitalar Vila Nova (AHVN) inaugurou 33 novos leitos que compõem a Unidade 13 essa semana. Os leitos serão destinados à retaguarda para pacientes regulados pela Central de Leitos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e transportados pela AHVN da UPA Moacyr Scliar e dos pronto-atendimentos (PAs) da Lomba do Pinheiro e Bom Jesus. Com isso, a entidade passa a ter um total de 440 leitos, sendo 99 de retaguarda.

“Estamos muito felizes por estarmos entregando à população gaúcha mais 33 leitos de retaguarda aos usuários do SUS. Investimos R$ 2,5 milhões nesta nova área, incluindo a construção do prédio, mobiliário, instalação de gás e rouparia”, destacou o presidente da AHVN, Dirceu Dal’Molin. Ele frisou também que a ampliação está gerando 45 novos postos de trabalho. “Queremos alcançar um total de 500 leitos até o final de 2020, com o aumento da UTI e a construção de duas novas enfermarias”, adiantou o médico.

Já o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, comparou o custo leito/dia da AHVN com o de outras instituições. Enquanto que a despesa do leito público não estatal do Vila Nova é de R$ 15 mil, a do Hospital Materno Infantil Presidente Vargas é de R$ 80 mil e a do Grupo Hospitalar Conceição é de R$ 86 mil. “Posso garantir que não há nenhum recurso público, na área da saúde, mais bem aplicado, no setor hospitalar, do que aquele colocado onde estão o Dal’Molin e a sua equipe administrando. Vocês honram o dinheiro que aqui é destinado e aqui é colocado”, salientou o prefeito. Ele disse também que o atendimento do Vila Nova é público, mas não estatal. “O hospital tem uma expertise de anos. É essa tendência que a gente entende como futuro para a saúde pública: serviços públicos não estatais”, reforçou.


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑