fbpx


Saúde

Publicado em 18 de setembro de 2019 | Por Redação Meu Bairro

0

Fechamento do IMESF: 400 mil pessoas seguem sem atendimento

Pelo segundo dia consecutivo 68 unidades de saúde do Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf), responsável pela atenção primária do Sistema Único de Saúde (SUS) da Capital, estão com as portas fechadas. De acordo com a Prefeitura mais de 400 mil pessoas estão sem atendimento em função da extinção do Imesf pelo Supremo Tribunal Federal (STF), decisão que foi tomada ontem.
Prefeito garante que os funcionários seguirão atuando
Em reunião com representantes de 17 regiões do Orçamento Participativo (OP), Marchezan assegurou que os 1.840 funcionários atuantes na saúde da família devem seguir trabalhando normalmente depois do aviso prévio. “Não há nenhum motivo para preocupação. Eles recebem em dia e devem se manter nas funções entre os 30 e 60 dias necessários para contratar serviços emergenciais”, afirma.

O prefeito lembra que o Município poderá oferecer melhores serviços à população e ampliar o atendimento a quem mais precisa. “Daqui a alguns meses, os usuários do SUS terão serviços de muito mais qualidade do que se tem hoje”, destacou. “Garanto a vocês: vamos entregar uma limonada bem melhor do que qualquer outra que a cidade já tenha tomado em atenção básica”, finaliza.


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑