fbpx


Publicado em 27 de junho de 2019 | Por Redação Meu Bairro

Polícia Civil investiga possíveis desvios de R$ 6 MI no Demhab

A Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Administração Pública e Ordem Tributária (Deat) deu início hoje a uma operação que investiga um contrato firmado em 2012 entre o Departamento Municipal de Habitação (Demhab) e a empresa Conterra Construções e Terraplanagem. Foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão em Porto Alegre, Viamão e Cachoeirinha, na Região Metropolitana, Osório, no Litoral Norte, e em Canguçu. A empresa diz que está colaborando com as investigações e que não há irregularidades.

A investigação parte de uma auditoria realizada pelo Tribunal de Contas do Estado que encontrou discrepâncias nos valores pagos à empresa e que estariam acima dos praticados pelo mercado.  O TCE inclusive já determinou que os gestores do Demhab nos exercícios de 2012 a 2014, Jorge Luis Vani Dusso e Everton Luís Gomes Braz, devem ressarcir R$ 5.974.342,40 aos cofres públicos. 

As obras foram realizadas nos condomínios Senhor do Bom Fim e Irmãos Maristas e seriam feitos a implantação de infraestrutura para a posterior construção dos condomínios que hoje abriam as famílias transferidas da Vila Nazaré.

O TCE aponta, ainda, superfaturamento na quantidade de remoção de material escavado com carga e descarga na extração vegetal e transporte do loteamento, sobrepreço e duplicidade no valor pago, além da medição comprovar a não realização dos serviços. 


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑