BA-18

Camaquã Polícia Jonathan morte

Publicado em 11 de janeiro de 2018 | por Redação Meu Bairro

0

#SomosTodosGigante Amigos se mobilizam por Justiça

Jonathan Rafael Maria, de 31 anos, morreu violentamente na última semana de 2017.  Ele desapareceu depois de ir ao bairro Camaquã cobrar de um amigo uma dívida de cerca de R$ 50 mil. Victor Batista Ferraz, 31 anos, o homem que devia a Jonathan, é o principal suspeito do crime. A Polícia Civil pediu sua prisão preventiva e no dia 3 de janeiro ele se entregou, mas reservou o direito de ficar calado.

À sua esposa, pouco antes de desaparecer, Jonathan enviou uma imagem do mapa que localizava onde ele estava. O local era a casa de familiares de Victor Batista Ferraz que não estavam em casa pois tinham viajado para as festas de fim de ano. No seu retorno, os familiares encontraram muito sangue em um dos cômodos e um dedo. O corpo de Jonathan foi encontrado carbonizado em Alvorada.

Mobilização por Justiça

Para pedir justiça, os amigos de Jonathan, que era conhecido como Gigante, estão se mobilizando para uma passeata no domingo, 14, a partir das 16h30. Eles vão se encontrar na Redenção, em frente ao Monumento do Arco às 16h30. A passeata irá iniciar às 17h e eles irão até o Palácio da Polícia. “Convidem o máximo de pessoas que conseguirem, levem panelas, latas, tudo que faça barulho e vamos gritar pedindo Justiça, pois não podemos deixar assim.”.

Para participar do evento, acesse: https://www.facebook.com/events/356471428155414/

 


Sobre @ colunista

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS




Comente no Facebook


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Início ↑
  • ANUNCIO_PROLIFE_MEU_BAIRRO


    Comp-3


    Comp-3


  • Anúncio Google

  • Anúncio Google

  • pequena