fbpx


Publicado em maio 27th, 2019 | Por Redação Meu Bairro

Simers constata falta de médicos postos de saúde da Zona Sul

O Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Sul (Simers) segue fazendo visitas a postos de saúde da Capital. Na última, feita na terça-feira, 21, o diretor do Simers Eduardo Silvaconstatou a carência de profissionais e outras deficiências nas unidades. Na Unidade Básica de Saúde (UBS) Belém Velho, por exemplo, apenas um médico estava deslocado para atender a 10 mil pessoas. Já na UBS Rincão, na mesma região da cidade, a situação não é menos crítica: um único médico é responsável pelo atendimento de todos os 8 mil moradores cadastrados.

A unidade de Belém Velho dispõe de duas equipes de saúde, mas apenas uma delas conta com médico. Na outra, a carência se arrasta desde dezembro de 2017, quando o profissional que atuava na unidade se aposentou. Com instalações acanhadas, a UBS não dispõe de espaço para o acolhimento dos pacientes (que precisa ser feito no repositório de medicamentos ou na sala de vacinas), nem sala de reuniões.

Também há carência de agentes de saúde. A unidade conta com apenas quatro. Além disso, como não há pessoal administrativo na unidade, os agentes precisam realizar as tarefas burocráticas, reduzindo seu tempo de visita aos pacientes.

Na UBS Rincão a falta de médicos também se prolonga há pelo menos um ano. Para garantir o pleno atendimento da população do bairro, o ideal seria contar com 3 profissionais, com contrato de 40 horas.

Segundo os profissionais da UBS Rincão, a unidade sofre frequentemente com a falta de materiais básicos com luvas e micropore. A justificativa da prefeitura para a carência são problemas na distribuição realizada por uma empresa terceirizada.


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑