fbpx


Sem categoria

Publicado em fevereiro 16th, 2018 | Por Redação Meu Bairro

0

Zona Sul convive com incêndios em vegetação nos últimos anos

O incêndio que atingiu o Morro da Apamecor hoje à noite infelizmente não é novidade. Outros episódios nos últimos anos assustaram moradores. Em 2015 foram necessárias dez horas de trabalho intenso para conter as chamas de um incêndio que teve início no dia 14 de janeiro, às 17h. No ano seguinte foi a vez do Morro do Osso. O incêndio aconteceu no dia 1º de março e consumiu uma área de vegetação do morro, mas não deixou ninguém ferido nem trouxe danos a casas.

Veja um breve relato dos dois incêndios

14 de janeiro de 2015 | Grande Susto (veja matéria completa)

Ao cair da noite a falta de iluminação e o vento forte começaram a dar trabalho ao Corpo de Bombeiros. Por volta das 22h, um grande contingente de caminhões pipas foi deslocado de cidades próximas a Porto Alegre para ajudar a apagar o fogo. Nesse momento os principais focos de incêndio eram próximos ao beco Tejo, no bairro Nonoai, no condomínio dos Alpes e no condomínio Vila Jardim.

Com os caminhões de reforço, em meia hora o fogo já parecia estar controlado. Contudo, às 23h, as chamas começaram a se espalhar e os moradores ficaram assustados. É o que explicou ao Meu Bairro a moradora Vera Morandi Silva:  “Tinha acalmado, mas agora tudo de novo… Caminhões de bombeiros passando, helicóptero para lá e para cá. Tudo de novo. A noite vai ser longa. Moro perto, estou preocupada.” Helicópteros sobrevoavam a área para iluminar e indicar aos bombeiros como acessar aos locais.

1º de março de 2016 | Caminhão estragado  (veja matéria completa)

01 - Morro miniatura-01

Em 2016, foi a vez do Morro do Osso. Controlado pelos Bombeiros, o fogo atingiu os bairros Ipanema e Sétimo Céu. Dois caminhões do Corpo de Bombeiros foram utilizado para combater às chamas. De acordo com testemunhas, um dos veículos estragou no local.


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑