fbpx


Futebol

Publicado em maio 15th, 2018 | Por Wesley Dias

0

Fora de casa, Grêmio vence o Monagas por 2 a 1 na Libertadores da América

Nesta terça-feira, 15, Grêmio e Monagas se confrontaram pela 5° rodada da fase de grupos da Libertadores da América. Jogando fora de casa, o tricolor conseguiu superar a defesa venezuelana com os gols de Ramiro (23|2°) e Jaílson (51|2°), mas teve a sua meta vazada com um gol contra de Kannemann (46|2°). Porém, os gaúchos venceram e terminaram a rodada na liderança do Grupo 1 do torneio continental.

Primeiro Tempo

A etapa inicial da partida foi de pouca criatividade nos dois lados. Sob um gramando irregular, o Grêmio pouco conseguia implementar o seu tradicional estilo de alta troca de passe. Mas mesmo com o jogo um tanto morno, foi o tricolor gaúcho que criou mais chances perigosas no duelo. Já aos 6 minutos, Alisson perdeu um gol incrível após receber um cruzamento de Madson próximo a pequena área. O avançado gremista arrematou mal e isolou. Logo ele, que aos 10 precisou ser substituído por lesão e proporcionou a entrada de Maicossuel no seu lugar. Após esse primeiro momento de procura gremista pelo gol, o time da casa tentou dar uma resposta. Sem muita qualidade ao trabalhar com a bola no chão, o Monagas tentou alguns cruzamentos na área de defesa do tricolor. Porém, todos eles eram bem interceptados, ora por Kannemann, ora por Pedro Geromel. A melhor chance do Monagas veio somente aos 44 minutos. Romero limpou a marcação gremista próximo a grande área e finalizou para uma ótima defesa de Marcelo Grohe. Mas antes disso, o tricolor teve duas excelentes oportunidades de abrir o placar. Uma com Tony Anderson aos 25, após um bom contra ataque orquestrado por Maicossuel. E com Cícero aos 32, após uma bela batida de falta que caprichosamente bateu na trave esquerda do arqueiro Baroja.

Segundo Tempo

A segunda etapa iniciou bastante movimentada, mas ainda sem chances claras de gol. O Grêmio desde o inicio buscava avanços pelos lados do campo, executando alguns cruzamentos sem êxito para o time. O Monagas tentava responder, mas Pedro Geromel ali estava para conter alguns avanços iniciais juntamente de Kannemann. A equipe gremista conseguiu se soltar um pouco mais nesses 45 minutos finais. Com uma movimentação mais sincronizada, o time conseguia efetuar alguns tabelamentos com a finalidade de adentrar na defesa adversária. Desta forma, Cícero teve duas oportunidades em sequência para abrir ao placar. Uma aos 12, de cabeça, logo após o cruzamento de Ramiro. Outra aos 15, quando Cicero recebeu na entrada da área e finalizou numa espécie de voleio. Os dois lances pararam nas mãos de Baroja. O gol gremista foi sair somente ao 25, quando Ramiro avançou pelo flanco direito e finalizou de longe. A bola morreu no canto direito do goleiro adversário.

Após o gol, o Grêmio seguiu controlando a partida. O maior susto na segunda etapa, veio pelos pés de Cádiz, aos 35, terminando em mais uma boa defesa de Marcelo Grohe. Apesar de estar numa noite inspirada, Grohe não conseguiu impedir o gol contra de Kannemann, aos 46, após cruzamento rasteiro de Luís González. Era o empate dos mandantes no apagar das luzes. Mas quando tudo parecia perdido, Cícero foi derrubado por Trejo dentro da área. Com a penalidade assinalada, Jaílson foi para a cobrança e converteu aos 51. Depois disso não houve mais tempo para nada. O árbitro apitou o final da partida!

Agora o Grêmio volta as atenções para o Campeonato Brasileiro, pois neste domingo tem o Paraná pela frente, às 16h, na Vila Capanema.


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑