pequena

Saúde BALEIAAZULMB_mbbaleiaazul

Publicado em 20 de abril de 2017 | por Redação Meu Bairro

0

SMS emite alerta sobre “jogo Baleia Azul”

pequena

A Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre emitiu, nessa quarta-feira, 19, alerta aos serviços de saúde sobre o “jogo Baleia Azul” com objetivo de chamar a atenção de pais e mães para o possível comportamento incomum de seus filhos. O “jogo” atinge, em especial, crianças e adolescentes e consiste em uma série de desafios que incluem tarefas de automutilação e ingestão de medicamentos. A nota orienta para o encaminhamento de crianças e adolescentes que apresentem comportamento diferente do usual e ainda para a necessidade de orientações aos pais e cuidadores.
De acordo com a SMS, nos últimos 15 dias, foram registradas oito tentativas de suicídio de adolescentes e metade desses jovens fizeram referência ao jogo.

Os principais sinais destacados são:
– falas sobre morte e suicídio, mesmo que indiretamente, como vontade de “sumir”, “desaparecer”, “ir embora”;
– isolamento (afastar-se da família, dos amigos);
– perda do interesse em atividades que costumava fazer;
– perda do interesse nas pessoas;
– mudanças no hábito de sono (insônia ou aumento das horas dormindo);
– mudanças dos hábitos alimentares (perda ou aumento de apetite);
– irritabilidade, crises de raiva;
– piora no desempenho escolar, recusa a ir à escola;
– comportamentos auto-destrutivos (auto-mutilação, uso de álcool e drogas, exposição a situações de risco);
– ter tentativas de suicídio anteriores.

Porto Alegre dispõe de dois Plantões de Emergência em Saúde Mental com atendimento 24 horas, localizados no Centro de Saúde Vila dos Comerciários e no Centro de Saúde IAPI, com fluxo recentemente implantada de monitoramento dos casos e de garantia de recebimento pós-atendimento de emergência dos pacientes nas Equipes Especializadas de Saúde da Criança e do Adolescente e nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS).

O Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (Deca), ligado à Polícia Civil, e o Ministério Público também já foram acionados e estão em alerta, devendo os casos suspeitos ser denunciados também a essas instâncias com vistas à adequada investigação e apuração dos casos. Ações conjuntas estão sendo organizadas e serão oportunamente divulgadas com vistas ao manejo adequado dessa situação.

Contatos Deca: 2131-5708 (em horário comercial), 0800-6426400 ou via WhatsApp (51) 98418-7814


Sobre @ colunista

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS




Comente no Facebook


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Início ↑
  • Informe publicitário
    pequena

    Informe publicitário
    pequena

  • Anúncio Google

  • pequena
  • pequena