fbpx


Notícias

Publicado em julho 4th, 2012 | Por Redação Meu Bairro

Prefeitura confirma segundo óbito por Gripe A

Procura por vacinas nos Postos de Saúde aumentou hoje Fotos: Ivo Gonçalves/PMPA

Depois da confirmação de mais um óbito por Gripe A (H1N1) em Porto Alegre, na manhã desta quarta-feira, 4, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) voltou a pedir à população que vá aos postos de saúde para se vacinar. O óbito foi de uma mulher de 58 anos que estava internada desde o dia 25 de junho, mas não resistiu e faleceu na tarde de ontem. Desde janeiro até agora, em Porto Alegre, já são 14 casos confirmados da doença, com dois óbitos.

De acordo com a Vigilância em Saúde do município, as unidades de saúde de Porto Alegre estão recebendo novos lotes de vacinas, enviados pelo Ministério da Saúde. A vacinação contra a gripe prosseguirá até que as doses sejam esgotadas. O público-alvo continua sendo idosos com 60 anos ou mais, crianças na faixa etária de seis meses a dois anos e gestantes.

A busca pela vacina contra a doença aumentou hoje em Porto Alegre. Ao todo, no Estado, já foram confirmadas 13 mortes no Rio Grande do Sul em 2012. No total, o RS já registrou 82 casos confirmados da doença esse ano.

Com o aumento na procura pela vacina contra a gripe A (H1N1), algumas clínicas particulares já registram falta da dose. Os locais são procurados por pessoas que não fazem parte dos grupos de risco da doença, conforme determinação do Ministério da Saúde. Para idosos, doentes crônicos, profissionais da saúde, indígenas, gestantes e crianças com idade entre seis meses e dois anos, a dose está disponível gratuitamente nos postos de saúde, que receberam mais doses nesta semana.

Campanha da vacinção continua na Capital Foto: Ivo Gonçaalves/PMPA

Estado já pediu ao Ministério da Saúde envio de mais vacinas.

A Secretaria Estadual de Saúde pediu ao Ministério da Saúde o envio de mais alguns lotes da vacina contra a gripe no Estado e também confirmou o envio de novas doses para os municípios onde há circulação viral da doença. Com o remanejo de doses que não foram usadas em outros estados, o MS garantiu 500 mil doses serão enviadas para o RS.

Metade dessa quantidade já chegou e está sendo distribuída às regiões que já apresentam circulação viral da doença, como a região de Cruz Alta, de Santo Ângelo e de Ijuí, além de Porto Alegre. A distribuição final entre os municípios destas regiões será definida pelas Coordenadorias Regionais de Saúde envolvidas em conjunto com as secretarias municipais de Saúde das cidades abrangidas, e deverá ser proporcional à população de cada município.

A recomendação da SES e do Ministério da Saúde é de manter a vacinação dos grupos de risco e de doentes crônicos, especialmente das gestantes e crianças de seis meses a menores de dois anos, que apresentaram as menores coberturas até o momento, mas os municípios têm autonomia para redefinir as orientações conforme a situação de sua região.

Medidas de prevenção

A prefeitura divulgou uma série de ações importantes para prevenir os casos de A (H1N1). Fique atento!

• Higienize as mãos com água e sabonete/sabão antes das refeições e antes de tocar os olhos, a boca ou o nariz após tossir, espirrar ou usar o banheiro.
• Evite tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies.
• Proteja com lenços (preferencialmente descartáveis) a boca e o nariz ao tossir ou espirrar, para evitar disseminação de gotículas das secreções. Na impossibilidade de serem usados lenços, recomenda-se proteger a face junto à dobra do cotovelo ao tossir ou espirrar.
• Pessoas com síndrome gripal devem evitar o contato com outras pessoas suscetíveis. Devem evitar também aglomerações e ambientes fechados.
• Mantenha os ambientes ventilados.
• Não compartilhe alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal.
• Pessoas com suspeita ou confirmação de gripe devem ficar em repouso, utilizar alimentação balanceada e aumentar a ingestão de líquidos.

Tags:


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



Volta para o início ↑