Com o passar das semanas o número de pessoas infectadas com dengue ..." /> Dengue: mais de 200 pessoas foram contaminadas - Portal Meu Bairro


Saúde

Publicado em 5 de junho de 2013 | Por Redação Meu Bairro

Dengue: mais de 200 pessoas foram contaminadas

Com o passar das semanas o número de pessoas infectadas com dengue cresce e assusta. Porto Alegre já tem confirmados 206 casos da doença, dos quais 144 são autóctones (doença contraída na cidade) e 62 de pessoas que foram contagiadas em viagem a outros estados. Os números atualizados foram divulgados nesta terça-feira, 4, pela Coordenadoria-Geral de Vigilância em Saúde (CGVS) da Secretaria Municipal de Saúde.

Partenon segue o bairro com maior incidência
Entre os 144 casos autóctones, 69 pacientes residem no bairro Partenon, sete no Santo Antônio, 12 no Santana, 15 no Bom Jesus, 13 no São José, cinco no Jardim Botânico, quatro no Navegantes, dois no Santa Maria Goretti, dois no Chácara das Pedras, dois no Cristal, dois no Humaitá, três no Petrópolis, dois no Coronel Aparício Borges, um no Santa Cecília, um no Cidade Baixa, um na Vila Ipiranga, um na Vila Jardim, um no bairro Camaquã e um no Ipanema.
Até a 22ª Semana Epidemiológica, que se encerrou em 1º de junho, foram investigados 1.188 casos suspeitos de dengue em Porto Alegre, sendo que 1.050 pacientes moram na cidade. Dos residentes na Capital, 814 casos foram descartados, 206 confirmados e 30 ainda aguardam o resultado do exame, feito pelo Laboratório Central do Estado (Lacen).

Saiba como evitar a proliferação do mosquito
Para evitar a proliferação do mosquito transmissor, recomendam-se as seguintes medidas preventivas: eliminar depósitos de água parada em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasos de plantas, jarros de flores, garrafas, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras; manter o lixo fechado; guardar garrafas vazias sempre com o gargalo para baixo; manter as calhas sempre limpas e desobstruídas; proteger os ralos com tela milimétrica; e preencher os vasos de plantas com areia. O mesmo deve ser feito com a base da haste de bromélias, onde pode se acumular água. Água de piscinas deve ser regularmente tratada e coberta por capa protetora. Caixas d’água também devem ser conservadas sob proteção.


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



Volta para o início ↑