Leishmaniose 15 - Leishmaniose_meu bairro

Publicado em 12 de outubro de 2017 | por Redação Meu Bairro

0

Menina de dois anos morre por leishmaniose na Capital

A Prefeitura anunciou hoje pela manhã que uma menina de dois anos e oito meses é a quarta vítima fatal de leishmaniose visceral humana registrada em Porto Alegre no período de um ano. O óbito ocorreu em 1º de outubro, dois dias após a notificação da suspeita à Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (CGVS/SMS) pelo Hospital de Clínicas.

A paciente residia no bairro Cascata, especificamente nos altos do Morro da Embratel, e foi internada no Hospital de Clínicas em meados de setembro. Desde julho, passava por tratamento oncológico, pois biópsia de medula não detectou leishmania.

De acordo com a Prefeitura, no final de setembro o quadro clínico da criança sofreu agravamento. Já internada na UTI pediátrica, passou por nova biópsia de medula, que indicou a presença de estruturas compatíveis com amastigotas de leishmania. Outro exame, sorológico, foi feito no Laboratório Central do Estado, com resultado positivo na prova de imunofluorescência.

Na primeira semana de novembro, também com data a ser marcada, deve ser realizada sensibilização para profissionais de serviços de Emergência e Pronto Atendimentos, na qual será apresentado o mapa das áreas de risco para LVH no município, além de aspectos relacionados ao vetor e sintomas e diagnóstico da doença, cuja letalidade em Porto Alegre apresenta índice de 80% até o momento. O médico Benjamin Roitman, da CGVS/SMS destaca que informações sobre o cenário epidemiológico da LVH também devem ser levadas a reuniões específicas de especialidades médicas, com ênfase para hematologistas e oncologistas.

Desde setembro de 2016, foram diagnosticados cinco casos de LVH na Capital, com registro de quatro mortes e tratamento eficaz em uma criança, que teve diagnóstico precoce. Outros três casos suspeitos estão em investigação na cidade.


Sobre @ colunista

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS




Comente no Facebook


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Início ↑
  • ANUNCIO_PROLIFE_MEU_BAIRRO


    Comp-3


  • Anúncio Google

  • pequena
  • Anúncio Google

  • pequena