fbpx


Dengue

Publicado em 29 de abril de 2019 | Por Redação Meu Bairro

0

Sobe para 130 número de casos de Dengue confirmados na Capital

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) emitiu agora, no início da noite, o novo levantamento da Dengue. Estão confirmados 130 casos Dengue na cidade. O levantamento computa os resultados coletados até o dia 27 de abril, final da semana epidemiológica 17. Do total de casos, oito são importados e 122 foram contraídos em nossa cidade. A maioria desses, no bairro Santa Rosa de Lima: são 108 pacientes. Outros 12 são moradores do Jardim Floresta e houve duas confirmações em pacientes do bairro Floresta. Uma pessoa apresenta quadro de Dengue grave (até 2014 chamado Dengue hemorrágica) e está internada no Hospital Nossa Senhora da Conceição, em estado estável. Há 80 notificações em investigação, aguardando resultados laboratoriais.

Não há casos confirmados de infecção por zika vírus na cidade. Cinco notificações foram feitas à Equipe de Vigilância das Doenças Transmissíveis da SMS. Um caso foi descartado e quatro continuam em investigação. Sobre chikungunya, foram 16 notificações de suspeitas, com um caso importado confirmado, nove descartados e seis em investigação. Em relação à Dengue, o número de notificações alcança 330 (119 descartados, 80 em investigação e 130 confirmados).

Nesta segunda-feira, 29, a EVDT/SMS emitiu a fontes notificadoras de suspeitas uma informação alertando para o aumento de casos autóctones e registro do caso grave da doença. A intenção, explica a enfermeira Sonia Coradini, chefe da EVDT, é “alertar profissionais de saúde para que estejam atentos a pacientes com sinais e sintomas compatíveis com a Dengue, principalmente quando moradores ou provenientes das áreas em que há confirmação da transmissão viral e, diante da suspeita, a notificarem já no momento do atendimento”, explica. A partir da notificação, destaca a enfermeira, serão desencadeadas ações de controle vetorial, quando for o caso, e exames sorológicos específicos encaminhados nos casos necessários.

A SMS recomenda à comunidade dos bairros com transmissão – Santa Rosa de Lima (parte do bairro Ruben Berta, que foi dividido), Jardim Floresta e adjacências e Floresta, próximo ao quarteirão da avenida Cristóvão Colombo, rua Ernesto Alves, rua Comendador Coruja e avenida Farrapos, atenção redobrada para eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti, em especial focos de água parada, retirada de pratinhos de vasos de plantas, remoção de todo lixo e material que não será usado dos pátios e locais descobertos. “A maior parte dos casos de Dengue está na zona Norte, onde se verificam casas com pátios pequenos, muitas plantas e muito acúmulo de lixo e resíduo; é preciso descartar o lixo e eliminar a água parada”, destaca o médico veterinário Luiz Felippe Kunz Júnior, da SMS.

Na terça-feira, 30, pela manhã, equipes da SMS retornarão ao bairro Santa Rosa de Lima para aplicar inseticida, a partir das 9h30. Com chuva, a ação será remarcada.


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑