Com grande parte dos moradores reclamando do cheiro, gosto e cor da ..." /> Agapan responsabiliza Prefeitura por cheiro e cor na água - Portal Meu Bairro


Saúde

Publicado em 21 de julho de 2016 | Por Redação Meu Bairro

1

Agapan responsabiliza Prefeitura por cheiro e cor na água

Com grande parte dos moradores reclamando do cheiro, gosto e cor da água, a Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (Agapan) decidiu enviar ao Ministério Público Estadual, e a autoridades representantes de diversos órgãos públicos do Estado, uma carta cobrando ações em relação à poluição e à origem das alterações no cheiro e no sabor da água em Porto Alegre.

O documento, endereçado ao Departamento Municipal de Água e Esgotos, à Secretária Estadual do Ambiente do Estado, à Assembleia Legislativa, à Câmara de Vereadores e ao Ministério Público, pede que medidas para combater a poluição no Guaíba sejam tomadas.

São cinco as principais solicitações da Agapan

A Agapan solicita que sejam intensificadas as fiscalizações para reconhecer todos os pontos contaminantes e substâncias poluidoras do Guaíba; feita uma análise para identificar a presença produtos tóxicos, pontos de contaminação, suspensas, em caráter emergencial, toda e qualquer atividade potencialmente poluidora que intensifique a poluição da água consumida pela população de Porto Alegre e demais cidades impactadas pela poluição de suas águas; que sejam multadas todas as empresas poluidoras; que seja estabelecido um fundo que possa contribuir para minimizar danos e fortalecer processo de fiscalização; que uma investigação, através de Inquérito Civil Público, a responsabilidade criminal dos poluidores e possíveis omissões de agentes públicos por crime ambiental e contra a saúde pública.

Entidade chama de indigna decisão de abandonar o Guaíba

Segundo a Agapan, não é digno de uma sociedade civilizada ter que abandonar um ponto de captação de água em função da Prefeitura não conseguir manter o avanço da poluição sobre o mais importante recurso hídrico de Porto Alegre. “Trocar ponto de captação é ser conivente com os poluidores. Sendo essa a única resposta que o poder público considera capaz de dar à nossa comunidade, exigimos que, no mínimo, os custos sejam pagos por quem polui e não pelos contribuintes, visto que a nossa população já paga todos os meses pelo direito de consumir água limpa e de boa qualidade”, salienta.


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



One Response to Agapan responsabiliza Prefeitura por cheiro e cor na água

  1. Pingback: » Prefeitura multa em R$ 606 empresa acusada de alteração na água

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑