fbpx


Meio Ambiente

Publicado em 2 de maio de 2019 | Por Redação Meu Bairro

0

Empresa responsável pela Ecobarreira do Dilúvio defende manutenção do serviço

É mais do que uma questão ambiental. Essa é a mensagem de Luiz Carlos Zancanella Júnior, da empresa Safeweb, responsável pela Ecobarreira instalada na foz do Arroio Diluvio. Ele esteve hoje na Câmara de Vereadores onde falou sobre o projeto. “Todo o porto-alegrense que vê o lixo flutuando em um lugar errado tem um impacto negativo”, explicou.

Conforme Zancanella, a ecobarreira, em três anos, já recolheu mais de 540 toneladas de lixo. Ele lembrou, porém, que os dejetos que têm seu curso interrompido pela estrutura localizam-se em um espaço de 20 centímetros da água em seu nível de superfície, que no local tem um total de dois metros de profundidade. “O que passa por baixo não é dimensionado”, lamentou. O material recolhido no local é acondicionado em sacos pela empresa e retirado periodicamente por caminhões da prefeitura, explicou ainda o orador, e levado para áreas de transbordo, onde são separados os recicláveis daqueles que não tem mais aproveitamento.

A ecobarreira teve um custo de instalação de R$ 250 mil. Mensalmente, para pagamento de dois operadores, seguranças no turno noturno, troca de material e manutenção, a empresa investe R$ 20 mil. “Há zero de dinheiro público ali”, afirmou ao lembrar ainda que a estrutura foi instalada após ser firmado contrato de cinco anos com a prefeitura. “Já foram três. Após, não se sabe o que vai acontecer”, disse e concluiu: “Gostaria que ela não fosse necessária, que a água fosse limpa. Mas acho que isso não vai acontecer, e por isso gostaria que a ecobarreira ficasse ali até o dia que não for mais necessária”.


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑