fbpx


Meio Ambiente

Publicado em 2 de abril de 2019 | Por Redação Meu Bairro

1

Ecobarreira recolhe mais de meio milhão de toneladas de resíduos

A Ecobarreira do Arroio Dilúvio impediu a chegada de 521 mil toneladas de materiais ao Guaíba desde 30 de março de 2016, quando foi realizada a primeira coleta pelo Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU). Os principais resíduos encontrados são plásticos, isopor, folhas, galhos, madeiras e lodo. O sistema já removeu até animais mortos.
A estrutura tem por objetivo impedir que resíduos contaminem as águas do Guaíba. O equipamento está posicionado na esquina das avenidas Borges de Medeiros e Ipiranga, no bairro Praia de Belas. Diariamente, os resíduos são içados pelas gaiolas da Ecobarreira e coletados pelas equipes do DMLU.
Uma dessas iniciativas é o estudo desenvolvido para analisar o que é coletado na estrutura. O Instituto Safeweb, em parceria com a Braskem, buscou caracterizar os materiais retirados pela Ecobarreira para dar uma destinação adequada. Como o levantamento apontou que os resíduos podem ser reciclados, são encaminhados à Unidade de Triagem e Compostagem (UTC) Lomba do Pinheiro desde novembro de 2018. O manuseio não apresenta risco à saúde dos trabalhadores. No local, é feita a triagem para separar o que é reaproveitável. Desse modo, apenas o rejeito é destinado ao aterro sanitário. Durante seis meses, haverá monitoramento para verificar a possibilidade de os resíduos recolhidos no córrego resultarem na ampliação da renda dos trabalhadores da UTC.
Mantido e coordenado pelo Instituto Safeweb, o projeto tem o apoio das secretarias municipais do Meio Ambiente e da Sustentabilidade e de Serviços Urbanos, por meio da Coordenação de Águas Pluviais e do DMLU, e do professor do Instituto de Pesquisas Hidráulicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Gino Gehling.


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



One Response to Ecobarreira recolhe mais de meio milhão de toneladas de resíduos

  1. José Assis Ribeiro Filho says:

    Iniciativa louvável que deveria ser implantada em todo Brasil, mas convenhamos, esses ecologistas são um tanto quanto exagerados. Uma conta simples: 512 mil toneladas (mais de meio milhão de toneladas), em 3 anos (mar/16 a mar/19), daria 500 toneladas por dia, 20 toneladas por hora, no mínimo 2 caçambas da foto por minuto, não me parece que corresponde a realidade fotografada. Não precisa potencializar, como eu disse a atitude é louvável, reforço fantasioso só enfraquece a notícia e desacredita o autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑