fbpx


Agronomia

Publicado em 31 de janeiro de 2019 | Por Juliana de Brites

0

Defensoria Pública cobra esclarecimentos ao DMAE pela falta de água

A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul (DPE/RS) notificou o Departamento Municipal de Água e Esgotos (DMAE) para esclarecer a falta de água em Porto Alegre. O ofício foi enviado na tarde da última quarta-feira, 30, quando os bairros Agronomia e Lomba do Pinheiro completaram quatro dias sem abastecimento.

O objetivo da DPE é entender os motivos para o desabastecimento e conhecer as medidas que serão tomadas pelo DMAE. Com isso, a Defensoria também pretende orientar a população para amenizar os prejuízos decorrentes da falta de água.

O ofício também cobra a informação de quais áreas são afetadas, qual o tempo previsto para normalização do serviço e quais as medidas emergenciais estão sendo adotadas para minimizar os efeitos da falta d’água. A Defensoria também questiona quais as medidas a médio e longo prazo que estão sendo buscadas para a solução definitiva do problema, e qual o tempo estimado, por meio de um cronograma, para adoção de medidas de solução definitiva.

Moradores do bairro Lomba do Pinheiro protestaram na última terça-feira, 29, por causa da falta de água na região. A via foi bloqueada e os manifestantes exigiam uma solução para os problemas de desabastecimento. O DMAE informou que o abastecimento havia sido normalizado de madrugada no bairro, algo que os moradores negaram. Para a Defensoria, a situação se torna de alto risco, já que as temperaturas estão elevadas e a questão é de saúde pública e afeta os direitos humanos.


Sobre o autor

é jornalista formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Contato: [email protected]



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑