fbpx


Economia

Publicado em novembro 8th, 2018 | Por Redação Meu Bairro

0

Cesta básica de Porto Alegre é a 2ª mais cara do Brasil

O preço do conjunto de alimentos essenciais aumentou em 16 das 18 cidades onde o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) realiza a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos. As altas mais expressivas foram registradas em Fortaleza (7,15%), Porto Alegre (6,35%), Vitória (6,08%) e Rio de Janeiro (6,02%). As retrações aconteceram em Recife (-0,77%) e Natal (-0,12%).

Em Porto Alegre, pelo segundo mês consecutivo, a cesta básica teve alta. De setembro para outubro, o valor dos alimentos analisados subiu R$ 26,88, e a cesta básica fechou o mês em R$ 449,86. Com o aumento, a capital gaúcha voltou a ter a segunda cesta mais cara do País, atrás apenas de Florianópolis.

Segundo levantamento realizado pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), dos treze produtos que compõem o conjunto de alimentos essenciais, oito ficaram mais caros: tomate (50,83%), batata (20,60%), banana (7,08%), feijão (5,71%), açúcar (1,33%), óleo de soja (1,26%), carne (1,09%) e o arroz (0,37%). Os alimentos que tiveram baixa são o leite (-2,17%), pão (-0,55%), farinha de trigo (-0,52%) e manteiga (-0,51%). O café não registrou variação no mês.


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑