fbpx


Menino Deus

Publicado em julho 14th, 2018 | Por Redação Meu Bairro

0

Casal é agredido em casa de eventos no Menino Deus

Choques, agressões e medo. Kisse Goulart foi a uma casa de eventos na noite nesse sábado, 14, na Rua Marcílio Dias, bairro Menino Deus, e ao invés de se divertir voltou para casa com marcas pelo corpo e assustada. Hoje à tarde, no Palácio da Polícia para fazer exame de corpo delito, Kisse ainda sentia dores fortes na cabeça. Seu namorado, que tentou defendê-la, também está machucado.

krisse

Segundo Kisse, eles chegaram à casa de festas por volta da meia-noite. “Até então estava tudo bem, foi a primeira vez que eu fui lá. É uma casa pequena, tem dois andares.”. Ela relata que a agressão começou quando estava descendo as escadas. “Uma menina me empurrou e me falou alguma coisa. Eu olhei pra ela, a gente meio que  se desentendeu, mas não falou muito. Essa menina subiu, eu continuei descendo, eu já estava chegando na segunda pista, no andar de baixo. Aí veio essa segurança, uma mulher, me segurou, puxou pra trás e começou a me ofender.”. Kisse diz não saber o motivo, mas a segurança começou a ameaçá-la. “Ela disse que eu ia ver o que ia acontecer comigo, que não era pra eu estar ali. Perguntando se eu queria ver o que ela ia fazer comigo. Quando ela fez essa pergunta eu falei: ‘como assim. o que tu vai fazer?’.”. Vendo a situação sair do controle, o namorado de Kisse tentou intervir. “O meu namorado estava tentando apaziguar quando chegou outro segurança empurrando ele e pedindo pra ele se afastar.”. Quando ele se afastou, relata a jovem de 21 anos, a segurança foi pra cima de Kisse e o segurança, que havia se aproximado, deu uma gravata em seu namorado. As agressões foram de socos e com armas e choque.

namorado 1 namorado olho

Kisse conta que ficou com um galo no meio da testa e muita dor no corpo por ter caído no chão. Já seu namorado mostra muitos machucados no rosto. Ela afirma ainda que ninguém da boate entrou em contato para prestar ajuda. “Eu que tive que correr atrás deles para conseguir algumas informações. Depois disso eu chamei a casa de festas no Facebook e eles me falaram que vão averiguar, falar com os seguranças, ver o que aconteceu para depois me dar um retorno. Não me passaram nome de ninguém ainda, não fizeram nada.”, salienta

Hoje à tarde Kisse falou com um um dos organizadores da festa. “Ele me falou que é responsável só pela divulgação e tudo mais e ainda não me deu o nome dos responsáveis pela casa. Nosso advogado vai entrar em contato com ele na segunda-feira para ver o que a gente pode fazer.”.

A redação do Meu Bairro também tentou contato com a casa de festas para maiores esclarecimentos, mas até o momento desta publicação não obteve retorno.

Atualização.

Domingo, 15, às 11h22.

A casa de eventos Knox Fort Club entrou em contato com a nossa redaçaõ. Veja abaixo:

“Entramos em contato com a Kisse e passamos pra ela nossa posição. A equipe de segurança da casa é terceirizada e se colocou a disposição da mesma. Quanto a nós o que nos resta é desliga-los da casa e prestar nossa solidariedade com a Kisse.”.


Sobre o autor

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta para o início ↑